terça-feira, 30 de junho de 2015

Flor-e-ser

0 Comente AQUI!

Sobre o amor...

0 Comente AQUI!


Alberto ontem: "Mãe, cem bilhões é muito ou pouco?"
Eu: Cem bilhões é muuuuuitão! É um número bem grande e que tem muitos zeros. Um número gigante!
Alberto hoje: "Mãe, meu amor por você tem muitos zeros"

Coaching para crianças

1 Comente AQUI!
Sobre "coaching" para crianças:
_ Mãe, e se eu for morar no pólo norte?
_ Ué, Alberto, você vai ser o ajudante do papai noel.
_ Não, mãe. Eu vou mandar em tudo lá.
_ Como assim? Quem manda lá é o Papai Noel.
_ Mas se eu for pra lá, eu vou ser o grande chefe!
(Eu com 5 anos não sabia nem contar até 10!)

E o que eu acho sobre coaching para crianças?

Botar a criança pra pisar na grama, ralar os joelhos, subir em árvores, tomar banho de chuva, tirar minhoca da terra, ver a borboleta sair do casulo, comer acerola do pé nem pensar, né?
Bora enfiar em tudo que é curso que é melhor! A palavra é estimular!!
Coaching pra crianças?
Não, obrigada!! 
(Já li muita coisa a respeito, e mesmo assim: não, obrigada!)



terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Pizza di Napoli

1 Comente AQUI!

Apenas acho que precisarei de uma poltrona extra no avião pra conseguir caber na volta.
Santo Deus, porque aqui comem tanto (e tão bem)?
Aviso que estou praticamente sendo forçada a comer tudo isso. Não é de livre e espontânea vontade que faço! Emoticon wink


Chiesa Del Gesú (contruída de 1584 a 1601)

0 Comente AQUI!
Chiesa Del Gesú (contruída de 1584 a 1601)
Um lugar de uma beleza indescritível.
Riqueza e arte invadindo o olhar.
E mesmo com os meus olhos perdidos diante dessa beleza exuberante, não pude não notar o enorme contraste: estátuas de ouro, mármore por todos os lados, obras de arte que "valem mais do que um olho" e toda a fé nos preceitos divinos de amor, caridade e bondade, de mãos dadas com o pedinte incômodo na porta da igreja vestido em trajes de indiferença.
É assim aqui, lá, aí, cá.



segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Universidade de Nápoles Federico II - A mais antiga faculdade do mundo!

0 Comente AQUI!






Universidade de Nápoles Federico II - A mais antiga faculdade do mundo!
Um dos mais importantes centros acadêmicos da Itália e de toda a Europa.
Foi fundada pelo Imperador do Império Romano e rei da Sicília Frederick II .
Aqui lecionou Tomás de Aquino de 1271 a 1274.
Durante o período facista e a Segunda Guerra, o prédio foi atingido por tropas alemãs.
Esse é o Prédio de Arquitetura, que fica no complexo monumental de Santa Chiara.

"Quando a lua vem à Marechiaro, até os peixes fazem amor ..."

0 Comente AQUI!
"Quando a lua vem à Marechiaro, até os peixes fazem amor ..."
Marechiaro é um pequeno vilarejo localizado em Posillipo (Napoli) que inspira o amor.
Quem vai lá sai com o coração em estado de transbordamento.
De Marechiaro podemos ver o Vesúvio, a ilha de Capri e a península de Sorrento, tudo ali ao alcance dos nossos olhos que, inundados de tanta beleza, nos transportam para uma dimensão bem mais etérea que aquilo tudo. 
Agora o mais lindo:
Diz a lenda local que o poeta napolitano, Salvatore di Giacomo, vendo a pequena janela que dava para o mar, com um cravo no parapeito, compôs uma das canções napolitanas mais conhecidas até hoje: Marechiare.
Esse cravo se mantém ali, por anos e anos e anos e ninguém sabe quem o colocou, quem cuida dele, se é natural, se é artificial.
Se o amor fosse escolher uma casa pra morar, que não fosse o coração, acho que seria Marechiaro (só acho!).
A canção, interpretada por Pavarotti (não o galo cantor, o verdadeiro rs )
https://www.youtube.com/watch?v=cxhvfJCVN9A













domingo, 22 de fevereiro de 2015

O surdato 'nnammurato

0 Comente AQUI!
O surdato 'nnammurato é uma música tipicamente napolitana escrita no ano de 1919, pelo napolitano Enrico Cannio.
A música fala de um soldado que ficou aleijado na Primeira Guerra Mundial e da sua paixão por uma mulher.
Poema lindo. Melodia linda. Arranjo orquestral lindo.
Staje luntana da stu core (Está longe deste coração)
a te volo cu 'o penziero (Até você vôo com o pensamento)
niente voglio e niente spero (Nada quero e nada espero)
ca tenerte sempe a fianco a me! (Além de ter você sempre perto de mim)
Si sicura 'e chist'ammore (Tem certeza deste amor)
comm'i só sicuro 'e te... (Como eu tenho certeza de você)
Oje vita, oje vita mia... (Ô vida, Ô minha vida)
oje cor 'e chistu core... (Ô coração deste coração)
si stata 'o primmo ammore... (Você foi o primeiro amor)
e 'o primmo e ll'ùrdemo sarraje pe' me! ( E o primeiro e o último será pra mim)
Quand 'a notte nun te veco, (quando a noite não te vejo)
nun te sento 'int'a sti bbracce, (Não te sinto em meus braços)
nun te vaso chesta faccia, (Não beijo seu rosto)
nun t'astregno forte 'mbraccio a me?! (Não te aperto forte nos meus braços)
Ma, scetánnome 'a sti suonne, (Mas acordando deste sonho)
mme faje chiagnere pe' te... (Me faz chorar por você)
Scrive sempe e sta' cuntenta: (Me escreve sempre que está feliz)
io nun penzo che a te sola... (Eu só penso em você)
Nu penziero mme cunzola, (Um pensamento me consola)
ca tu pienze sulamente a me... (Que você pense somente em mim)
'A cchiù bella 'e tutte bbelle, (A mais belas de todas as belas)
nun è maje cchiù bella 'e te! (Não é mais bela que você)