sábado, 30 de novembro de 2013

Férias


Acho que o melhor jeito de começar este post é anunciado ao mundo que:
"As férias chegaram aqui em casa" 
(para a nooooossa alegriaaaaaaaaaaaaa)

Fico muito feliz com isso,  porque este ano foi a mulesta da gota serena da bixiga para mim. 
Não em relação a Paulo e Maria, obviamente, o ano letivo deles foi tranquilo. 
Mas a coisa miou um pouco por causa do Alberto.
Foi o seu primeiro ano de escola e ele demorou apenas 365 para se adaptar, e sem total sucesso. Explico.
 Alberto é muito apegado a nós. Mas quando eu digo muito, é muito. Muito família. Ama a sua casa, a sua rotina e ter que sair de dentro do reino dele para se aventurar em outras histórias foi um processo complexo e doloroso. Sim, porque até a última semana de aula ainda rolou um mis en 'scene pra ele entrar na sala de aula (quando estava lá dentro, separado de mim, era como se já tivesse no ensino médio, tal a adaptação, mas a chegada dele.... ai)... Ele sofreu demais. Ele não é uma criança de fazer birra, escândalo (obrigadeuspai). Ele sofre calado sabe? Aquele sofrimento doído mesmo, com direio a lagriminha q escorre, a olhos vermelhos e etc. Eu sofri também (escondida, porque não podia deixar ele perceber a minha dor, só iria piorar as coisas).

Ou seja: tô rindo para as paredes que este ano terminou. 
(Como eu me senti quando peguei Alberto no último dia de aula----->)


E terminou assim, com noite da pizza especial aqui em casa para as professoras lindas e afetuosas e carinhosas e (apaixonadas por ele... mas quem não fica?)


2 Comente AQUI!:

Italo disse...

Boas férias pra vocês. Tomara que o próximo ano seja mais tranquilo pra ele. =]

Josete Gama disse...

como sempre surpreendente feliz natal a toda família beijus

Postar um comentário