domingo, 23 de fevereiro de 2014

Dany - De: Paulinho Gomes

 Imagem: http://meucantinhooriental.blogspot.com.br/

E quando bate a saudade, ele vem e me dá suas sábias palavras 
(escritos dele que tenho em casa...)


Dany
De: Paulinho Gomes
Em: 07/12/96

Dany,
Neste momento 
Ouço em nossa casa, a tua casa, a música "Pedacinho do céu"
Um chorinho de Waldir Azevedo
Que sempre ouvi, toquei, quando tu eras Dany
Simplesmente uma criança.

Então penso, relembro
Tu, Dany, és um pedacinho do meu céu!

És também, Dany:
Um pedacinho do céu da tua mãe
Um pedacinho do céu da tua irmã e do teu irmão

Olha, Dany, o céu é inifinito
E neste chorinho 
Eu ainda com saúde e algumas experiências
Posso te dizer hoje, Dany
És filha, és ternura, és carinho, és sapeca levada da breca
És mãe, és mulher
Pedacinho do céu

Nunca esqueça, Dany
O céu é infinito
E ele sendo assim, tão bonito
Mesmo nos dando o sol, o luar , a flor e o mar
Também nos dá a tempestade

Mas não esqueça, Dany
O progresso é uma das coisas da natureza
A passagem dos espíritos pela vida corpórea é necessária
Para que eles possam realizar com a ajuda do elemento material
Os propósitos cuja execução Deus lhes confirmou

Sendo Deus o dono do universo
E eu, servo de Deus
Você é e sempre será
O pedacinho do meu céu
Do nosso céu...



1 Comente AQUI!:

Josete Gama disse...

bom dia!
Muito bonito de sua parte e gratificante tambem, ser filha de um grande poeta parabens para voce e em especial sua genitora
beijus

Postar um comentário